Opinião: Lobito
Opinião

Opinião: Lobito

Há dias surgiu-me um velho amigo da tropa que não via desde o século passado, mais ou menos desde 1997. Depois dos cumprimentos normais para dois velhos companheiros de aventuras, sobre a saúde e as famílias, os filhos e os netos e as netas, voltámos inevitavelmente aos tempos da guerra, melhor dizendo, ao tempo do descanso … Continuar a ler

Opinião: Alegria e dor
Opinião

Opinião: Alegria e dor

Por Francisco do Ó Pacheco, Escritor, jornalista e ex-autarca, em Sines Comemorar o 25 de Abril de 1974, e já lá vão 43 anos, será sempre sinónimo de resistência e alegria. De resistência porque é imperativo que recordemos sempre os duros tempos da ditadura fascista a que estivemos sujeitos durante 48 anos e de uma guerra colonial que … Continuar a ler

Opinião: Desistir nunca
Opinião / Política

Opinião: Desistir nunca

Por Francisco Pacheco, No início deste mês de Abril, mais concretamente dia 2, realizou-se em Tróia, o 1.º congresso AMAlentejo, sob o lema Poder Local. Estiveram presentes mais de quatrocentos congressistas de todo o Alentejo, em representação de autarquias locais, sindicatos, empresas, instituições académicas, ou em mera representação pessoal. Os trabalhos decorreram com normalidade democrática e no final foi … Continuar a ler

AMAlentejo
Opinião / Política

AMAlentejo

Por Francisco do Ó Pacheco, Quando do lançamento do meu livro “Searas Vermelhas de Abril” na Casa do Alentejo, em Lisboa, a 21 de Fevereiro p.p., em conversa com alguns amigos e camaradas entendemos que era altura de colocar na agenda política a questão da regionalização administrativa do continente arquivada intempestivamente após o referendo de 1998. As conversas prosseguiram, constituímos um grupo dinamizador, convidámos … Continuar a ler

O Espírito de Abril
Opinião / Política

O Espírito de Abril

Por Francisco do Ó Pacheco, Em Dezembro de 1974 os trabalhadores rurais concretizaram duas ocupações de herdades que simbolizam actualmente o início do processo da reforma agrária no sul de Portugal Continental: – a herdade do Outeiro, no município de Beja, e a herdade do Monte dos Alhos, no município de Santiago do Cacém. Na primeira ocupação, a motivação dos trabalhadores residiu no abandono … Continuar a ler

Francisco do Ó Pacheco lança romance “Searas Vermelhas de Abril” em Sines
Cultura

Francisco do Ó Pacheco lança romance “Searas Vermelhas de Abril” em Sines

O Centro de Artes de Sines recebeu, no dia 6 de Dezembro, o lançamento do novo romance de Francisco do Ó Pacheco, “Searas Vermelhas de Abril”, editado pela Página a Página. Com uma sala bem composta, também presente Nuno Mascarenhas, Presidente da Câmara Municipal de Sines, entre muitos outros convidados. A acção do livro passa-se em 1975, durante a Reforma Agrária no Alentejo, vista … Continuar a ler