Opinião: A urgência de deixar o comodismo de lado e começar a pensar no bem comum
Opinião

Opinião: A urgência de deixar o comodismo de lado e começar a pensar no bem comum

Por Ana Vidal, Todos já ouvimos falar na importância de separar os resíduos que produzimos nas nossas casas, nos nossos locais de trabalho e nas atividades que organizamos para convivermos, nos divertirmos ou evoluirmos culturalmente. Essa separação, seguida da sua deposição nos ecopontos adequados, é um gesto importante e muito valioso para que através da sua reciclagem sejam atingidos … Continuar a ler

Opinião: O Tempo da Educação é outro
Opinião / Sociedade

Opinião: O Tempo da Educação é outro

Por Emérico Gonçalves, A busca do bem comum não se esgota na mera implementação de um sistema democrático  (entenda-se aqui na aceção de democracia representativa). A democracia transporta em si fraquezas, por consequência perigos na estruturação das sociedades, quando ela tende sistematicamente para a perpetuação de meros rituais de conveniência. Num outro artigo de opinião dizia eu … Continuar a ler

Opinião: A nova exortação apostólica do papa francisco alegrai-vos e exultai
Opinião

Opinião: A nova exortação apostólica do papa francisco alegrai-vos e exultai

Por Joaquim Marques, O Papa Francisco publicou, nos 6 anos do seu pontificado, 3 Exortações Apostólicas. Em todas coloca a palavra “Alegria” no próprio título: A Alegria do Evangelho; A Alegria do Amor e, nesta terceira, há até um reforço da mesma ideia: Alegrai-vos e Exultai! Parece querer dizer-nos que, se o Evangelho é alegria, o Amor só … Continuar a ler

Opinião: Quando o jornalista é a notícia
Opinião

Opinião: Quando o jornalista é a notícia

Por João Pereira da Silva, Faz alguns anos, um amigo, o artista plástico Henrique Silva, sabendo-me ligado às coisas das artes e da cultura, em particular da música, disse-me: “Tenho que o apresentar a um amigo jornalista. Se calhar conhece-o, é o Raul Oliveira.”  Respondi-lhe que não conhecia pessoalmente, mas já tinha ouvido falar. Respondeu-me: “Eh pá! É … Continuar a ler

Crónica da Quotidiana Vivência: Uma “estranhação”… uma “entranhação” e… aqui estou eu!!!…
Opinião

Crónica da Quotidiana Vivência: Uma “estranhação”… uma “entranhação” e… aqui estou eu!!!…

Por José Manuel Claro, “Primeiro estranha-se e depois entranha-se”… quem o disse e escreveu foi Fernando Pessoa visando a criação um slogan no âmbito da sua atividade de publicitário… A que propósito tal arrazoado me assaltou o pensamento???… pois… é que durante estas férias e no âmbito curricular dos meus estudos fiz um crédito de competência… Sabem… é que o no … Continuar a ler