ESPAM – Parlamento dos Jovens 2018
Jovializar por aí

ESPAM – Parlamento dos Jovens 2018

No dia 13 de Março, a Escola Secundária Padre António Macedo esteve representada na sessão distrital no Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) em Setúbal, no âmbito do programa “Parlamento dos Jovens” para debater o tema “Igualdade de Género”. Este dia começou bem cedo, cerca das 7 horas já a comitiva da nossa escola, os três deputados, eu (a … Continuar a ler

Santo André: Dezena e meia de viaturas vandalizadas na via pública
Local / Sociedade

Santo André: Dezena e meia de viaturas vandalizadas na via pública

A população de Vila Nova de Santo André está preocupada com alguns atos de vandalismo provocados durante a noite, em viaturas estacionadas na via pública. Segundo o relato de alguns moradores, na madrugada de 12 para 13 de Março, uma dezena e meia de viaturas que estavam estacionadas na Rua DIU, foram riscadas provocando centenas de euros de prejuízo aos … Continuar a ler

Advogado de Ermidas-Sado desaparece e deixa clientes desesperados
Local / Sociedade

Advogado de Ermidas-Sado desaparece e deixa clientes desesperados

Dezenas de clientes, desde particulares a empresas, ficaram sem o dinheiro e documentos entregues ao advogado para abrir processos que nunca chegaram a ser concluídos. Desapareceu há vários meses mas, até ao momento, a GNR recebeu apenas uma queixa por burla. Um jovem advogado, com escritório em Ermidas-Sado, está desaparecido há vários meses sem que os clientes consigam reaver os montantes … Continuar a ler

Jovializar por aí

Jovializar Por Aí: “Ser descontente é ser homem”

Por Elisabete Fino, aluna da ESPAM No emblemático poema “O Quinto Império”, presente na obra epo-lírica Mensagem, Fernando Pessoa afirma perentoriamente uma das suas mais emblemáticas máximas: “Ser descontente é ser homem.”. Desta forma, o poeta resume, em poucas palavras, a essência humana e afirma a insatisfação como a sua condição fundamental, veiculando assim uma filosofia devida avessa ao conformismo. O … Continuar a ler

Jovializar Por Aí: O Dia Olímpico na EBN1 de Santo André no âmbito do Projeto Autonomia e Flexibilidade Curricular – Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos
Jovializar por aí

Jovializar Por Aí: O Dia Olímpico na EBN1 de Santo André no âmbito do Projeto Autonomia e Flexibilidade Curricular – Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Por Alexia Domingues Amiand, aluna do AESA No dia 7 de Fevereiro, decorreu o Dia Olímpico na Escola Básica de Santo André onde os alunos participaram em várias atividades: corrida, corrida dos cegos, luta, entre outras. Como sempre, tem que haver uma abertura, mas esta foi uma abertura especial: todos os 5ºanos se juntaram e fizeram o símbolo dos Jogos … Continuar a ler

Jovializar por aí

Jovializar Por Aí: A História de Hipátia de Alexandria: uma mulher além de seu tempo

Por Ana Carolina Direito, aluna da ESPAM O filme “Ágora” passa-se em Alexandria, por volta de 400 anos d.C., uma época em que a cidade estava fortemente dividida por diferentes religiões e crenças, o que levava a habituais conflitos e desentendimentos, que frequentemente geravam batalhas. “Ágora” foca-se muito no aspeto do conhecimento e de como as diferentes ideologias abordavam saberes como … Continuar a ler

Perto de 7,5 toneladas de lixo recolhidas no Estuário do Sado
Local / Sociedade

Perto de 7,5 toneladas de lixo recolhidas no Estuário do Sado

Mais de duzentos voluntários arregaçaram as mangas para limpar as margens do estuário do Sado, junto aos cais palafíticos da Carrasqueira e do Possanco. Num só dia, encontraram 4164 embalagens de sal, entre várias toneladas de lixo que foram retiradas do local, numa iniciativa promovida pela campanha “Mariscar Sem Lixo”.  Várias toneladas de lixo foram retiradas de cerca de 8,2 … Continuar a ler

Jovializar por Aí: A alfabetização das pessoas cegas ao longo da História – a sua problemática /desafio/ dificuldade/evolução
Jovializar por aí

Jovializar por Aí: A alfabetização das pessoas cegas ao longo da História – a sua problemática /desafio/ dificuldade/evolução

Por Helder Mestre, ex-aluno ESPAM O acesso à leitura e à escrita foi, desde sempre, um grande problema com que as pessoas portadoras de cegueira se confrontaram, bem como aqueles que estavam incumbidos de lhes transmitir a informação/conhecimento. Por esta razão, era crucial encontrar um método particular, assente num modelo codificado. O Homem é, essencialmente, um ser visual, uma vez … Continuar a ler