Sociedade

Regresso às aulas diferente

Professores, pessoal não docente e os alunos do 3.º ciclo e secundário vão ser testados à covid-19 no regresso às aulas, informou o Ministério da Educação (ME) no passado dia 26 de agosto. As regras relativas à pandemia nas escolas deverão manter-se no próximo ano letivo, apesar de a vacinação dos jovens estar a avançar.

O ano passado, as escolas funcionaram com horários desfasados, medidas de distanciamento social e de higiene, e também com uso obrigatório de máscara por professores, auxiliares e alunos a partir do 2.º ciclo. O arranque oficial do ano letivo está à porta, encarregados de educação e diretores escolares concordam que a prioridade deve ser assegurar as condições para se ter um ano normal com alunos sempre na escola, como não acontece há dois anos. O ano letivo arranca entre os dias 14 e 17 de setembro e será o segundo ano letivo a começar em plena pandemia.

Milhares de alunos de vários graus de ensino, voltam a encher os corredores dos estabelecimentos escolares do país. Até ao dia 17 de Setembro as escolas dos Concelhos de Sines e Santiago do Cacém iniciam as aulas. Para os mais novos, há a oportunidade de rever os colegas e a alegria do cheiro a novos livros e cadernos. Para as administrações escolares a preparação começou ainda mais cedo, com a organização das matrículas, das turmas e dos concursos.

Na Escola Secundária Poeta Alberto as aulas iniciar-se-ão no dia 17 de setembro para todos os alunos, excepto para os cursos Cef e Profissionais que iniciarão as suas aulas no dia 14.

Em Alvalade-Sado,  início das aulas ocorrerá no dia 17 de setembro para todos os ciclos. O número de alunos deste Agrupamento mantém-se os 376.

A Escola Secundária Poeta Al Berto conta este ano com aumento de alunos, são cerca de 600 “há claramente mais alunos a frequentar a nossa escola” diz Paula Lopes, Diretora Executiva da ESPAB. Segundo informação da Escola “a maior parte do pessoal docente encontra-se colocado, em relação ao pessoal não docente o quadro está completo”. O mesmo acontece no Agrupamento de Alvalade.

Quanto a novidades, a Diretora da ESPAB refere “este ano letivo temos novas ofertas, nomeadamente os Cursos Profissionais de Técnico Auxiliar de Farmácia e Técnico de Logística e os cursos de Português para Falantes de Outras Línguas”.

A implementação do PADDE (Plano de Ação de desenvolvimento Digital das escolas) é a novidade no Agrupamento de Alvalade.

Este ano, na ESPAB debatem-se com algumas dificuldades, como a inexistência de Assistentes Operacionais em número suficiente e  necessidade de intervenção (obras) na escola.

“A contração de um Professor para lecionar a disciplina de TIC (o número de docentes a nível nacional com qualificação profissional para lecionar esta disciplina é muito reduzido) é umas das maiores dificuldades”, diz a Direção Executiva do Agrupamento de Escolas de Alvalade.

Quanto ao uso de máscaras nas Escolas, Paula Lopes concorda e diz, “parece-me uma medida adequada tendo em conta a situação pandémica que se tem vivido nos dois últimos anos. Apesar de grande parte da população já estar vacinada, é certo que ainda há muito a descobrir sobre este vírus e as suas mutações”. Também o Agrupamento de Alvalade diz que “a testagem e o uso de máscara contribuem para promover maior segurança no desenvolvimento das atividades letivas”.

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.