Editorial

Editorial: A prenda de Natal

Quando eu era pequeno, vivi em 2 ou 3 montes alentejanos.

Meus pais eram trabalhadores do campo e viviam nas herdades do próprio patrão. As comunicações com o exterior eram muito poucas.

O máximo que nos deslocávamos era à sede de concelho e muito raro à sede de distrito e à capital do país só mesmo em casos muito especiais, que muito pouco acontecia.

Artigo completo disponível na edição em papel de 07 de Janeiro de 2021, n.º 776

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.