Coisas de Emigrante

Coisas de Emigrante: Chile em tempos de quarentena

Por Cláudia Carracha, no Chile

No momento em que vos escrevo o Chile regista 271.982 pessoas portadoras de Covid-19 e 5.509 falecidas, concentrando-se 80% dos casos na capital, mas assistindo-se a um aumento gradual nas restantes regiões do país.

No dia 18 de Marco, foi declarado estado de emergência por 3 meses pelo Presidente Piñera. As estratégias do governo passaram pela realização de testes em grande número, pela compra de ventiladores e pela transformação de camas básicas em críticas nos hospitais, permitindo aumentar a capacidade de resposta.

Ao nível da monitorização da situação sanitária optou-se por um modelo de quarentena dinâmico (as diferentes zonas da cidade iam alternando considerando o número de casos para que as pessoas se fossem “contagiando”, a pouco e pouco, não bloqueando o sistema e criando imunidade) pelo recolher obrigatório das 22:00hrs até as 5:00 hrs e pela manutenção dos serviços básicos.

Artigo completo disponível na edição em papel de 09 de Julho de 2020, n.º 765

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.