Cultura

Santiago do Cacém membro da Associação de Municípios do Portugal Romano

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém é uma das nove autarquias que constitui a recém-criada Associação de Municípios do Portugal Romano, integrando a sua direção. A entidade,
formalmente constituída dia 3 de março, em Condeixa-a-Nova, no distrito de Coimbra, pretende preservar a herança romana e promover o turismo cultural.

O Presidente da Câmara Municipal, Álvaro Beijinha, sublinhou que “tendo nós, no nosso Concelho, o sítio arqueológico de Miróbriga, que regista 15 mil visitas anuais, e que é de facto um dos
expoentes máximos a nível nacional do Romano, há mesmo quem afirme que é dos mais relevantes a seguir a Conímbriga, fazia todo o sentido integrarmos esta Associação”.

Álvaro Beijinha considerou que a questão mais importante “é a promoção e valorização do património, que estes municípios possuem”. Acrescentando que “temos a obrigação de criar e potenciar uma rede de municípios que possa valorizar este património, e criar perspetivas de financiamento comunitário”.

O Autarca prevê que a Associação de Municípios do Portugal Romano desenvolva “um trabalho em rede e articulado para a valorização da presença romana no país, que foi um momento importante na História”.

O processo partiu da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova que endereçou o convite para que Santiago do Cacém fizesse parte de uma associação que valorizasse esse património e promovesse as suas potencialidades turísticas. “O que se pretende fazer com esta Associação é criar um roteiro de Municípios com presença Romana, o que do ponto de vista da valorização do património e do turismo é importantíssimo,” sublinha o Autarca.

A Associação pretende ser um veículo para conseguir agregar vontades e para reivindicar um programa específico no próximo quadro comunitário. Entretanto, já existem mais municípios interessados em integrar o projeto. Entre os objetivos estão a criação da Rota do Romano e
estabelecer parcerias europeias, particularmente com a Rede de Cidades Romanas do Atlântico.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Santiago do Cacém, consciente da importância do seu passado romano, estabeleceu, a 31 de maio de 2019, um acordo de geminação com o Município do Condado de Szombathely na Hungria, cuja herança romana é relevante, o que levou ao estreitar de laços com o objetivo de se desenvolverem iniciativas conjuntas.

Integram a Associação de Municípios do Portugal Romano, como fundadores, as Câmaras Municipais de Ansião, Braga, Oliveira do Hospital, Penela, Santiago do Cacém, Seixal, Tomar e Vidigueira.

De acordo com os estatutos, a Associação tem por fim “a promoção de uma ação cultural e social constante, tendo em conta a existência de uma herança romana como valor identitário do nosso país, bem evidenciado nos monumentos romanos do território dos municípios associados”.

Artigo completo disponível na edição de 02 de Abril de 2020, n.º 759*

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.