Editorial

Editorial: De utilização a prazo

Numa sociedade em que o materialismo começa a imperar, as manifestações na prática quotidiana começam a surgir. Quando não se cultiva uma sociedade de interesse reciproco de uns para os outros, em que o Ser Humano está no topo da criação e sujeito de todas as proteções, pode mesmo chegar-se a leis que regulam a vida Humana como se de um animal irracional de tratasse.

Por vezes a lei é mais protetora para um animal irracional do que para um Ser Humano. Não podemos permitir que o ser humano seja abatido porque não temos solução para a sua cura.

Artigo completo disponível na edição em papel de 20 de Fevereiro de 2020, n.º 756

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.