Editorial

Editorial: A lei e os valores devem ser repostos

Por Abílio Raposo, Diretor

Nas grandes cidades de Portugal e de todo o mundo existem pessoas sem abrigo, isto é, sem um teto para viver. Uma casa para morar. Vivem debaixo de um teto ao ar livre ou em casas velhas e desabitadas. Na maior parte das vezes não é por escolha própria que vivem neste modo de vida. São os infortúnios da existência que os atira para o meio da rua.

Numa sociedade evoluída que se preza em dizer que todos temos direito a uma habitação condigna é triste encontrar tanta gente a viver na rua.

Artigo completo disponível na edição em papel de 21 de Novembro de 2019, n.º 750

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.