Editorial

Editorial: Dois corações que batem

Por Abílio Raposo, director,

No mês de Maio ouvimos bater dois corações. Bombeiam sangue, mas também bombeiam caridade e amor.

Já a caminhar para o fim deste mês de Maio é bom recordar que ele é importante para todos nós.

Porque nos dá a referência fundamental do coração materno da mãe. Um coração que é de carne e que sofre por amor e que ama os que lhe são entregues. Coração que falha, mas que encontra no perdão o encontro com os outros.

Artigo completo disponível na edição em papel de 17 de Maio de 2019, n.º 739

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.