Cultura

“Quadricultura” – um marco no panorama cultural de Santo André

A propósito da realização do 12º Encontro Internacional de Jazz do Litoral Alentejano, e com o pretexto de divulgarmos um pouco da história e organização desta Associação, quisemos saber um pouco mais sobre os 18 anos de existência da Quadricultura.

Eduardo Guita e Álvaro Rangel, dois dos fundadores da Associação, conduziram-nos por um percurso nem sempre fácil de transpor, mas que tem dado os seus frutos: “Tudo começou em 2001 por iniciativa do Álvaro Rangel, João Pereira da Silva, António Madeira e de mim próprio… a
Associação só surgiu em 2002, passando então a ter uma representação estatutária e definida como tal”, começou o Eduardo Guita, “… tendo até ao presente organizado cerca de 220 concertos, em números redondos, no âmbito das “Cextas de Cultura” e dos “Encontros de Jazz”.

Artigo completo disponível na edição em papel de 07 de Março de 2019, n.º 734

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.