Opinião

Opinião: Uma cidade por cumprir

João Madeira, Professor e historiador

Santo André foi, no país e nos tempos mais recentes, o único centro urbano criado de raiz,
no quadro de um grande projecto de desenvolvimento polarizado de base industrial e
portuária. A história é conhecida.

O que me parece interessante assinalar é que se está prestes a assinalar data redonda, 30 anos precisamente, o tempo de uma geração, sobre o processo de transferência de competências e de património referentes a Santo André para o Município de Santiago do Cacém, em consequência da extinção do Gabinete da Área de Sines.

A gestão centralista do GAS, primeiro e o processo de transferência de competências e património, depois, constituíram focos de tensão entre esse órgão directamente dependente da Presidência do Conselho de Ministros e os Municípios de Santiago do Cacém e Sines. E convém sublinhar que aos
municípios assistiam boas razões.

Artigo completo disponível na edição em papel de 07 de Fevereiro de 2019, n.º 732

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.