Editorial

Editorial: Educando para o futuro

Por Abílio Raposo,

Cada vez mais nós procuramos conhecimentos e mais conhecimentos. Exige-se que as pessoas tenham cada vez mais formação curricular e extracurricular. Os programas são cada vez mais extensos e exige-se que se aprenda cada vez mais coisas.

Muitas pessoas dizem que: “no meu tempo o que os alunos aprendem no quinto ou sexto ano… dávamos nós no quarto ano.” Mas muitos esquecem que a maioria da população que frequentava a escola somente faziam quatro anos de escolaridade, poucos seguiam estudos superiores. Hoje a escolaridade prolonga-se, obrigatoriamente por 12 anos. Isto quer dizer que os conhecimentos são mais e vão-se distribuindo por vários anos.

Artigo completo disponível na edição em papel de 20 de setembro de 2018, n.º 723

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.