Economia

Santiago mantém isenção de derrama para empresas com faturação inferior a 150 mil euros

A Câmara de Santiago do Cacém vai manter a isenção da taxa de derrama em 2019 para as empresas sediadas no concelho cuja faturação anual não ultrapasse os 150 mil euros.

A decisão da maioria comunista, que foi aprovada em reunião de câmara, com a abstenção da coligação PSD/CDS-PP, é “uma medida de incentivo à economia local” e “uma das formas encontradas para ajudar as pequenas e microempresas”, justificou Álvaro Beijinha, presidente da
Câmara de Santiago do Cacém.

Artigo completo disponível na edição em papel de 06 de setembro de 2018, n.º 722

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.