Editorial

Editorial: Limpar a memória

Por Abílio Raposo,

Nestes dias tenho pensado de como o mundo está procurando novos padrões de vida em sociedade, e para isso pretendem seguir um caminho de apagar o que existe. No entanto, penso que está a seguir padrões pré-concebidos por alguns, que no passado já tentaram e nada conseguiram.

Para atingir os seus fins, eles pretendem apagar o que foi vivido e como chegámos ao dia de hoje. Pretendem criar nas pessoas uma limpeza de memória, ou seja pretendem apagar o nosso passado.

Mas será possível apagar a memória coletiva das pessoas? E como o pretendem fazer?

Artigo completo disponível na edição em papel de 12 de julho de 2018, n.º 719

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.