Opinião

Opinião: Muita parra e pouca uva

Por João Madeira, 

Há um blogue brasileiro, “Recanto das Letras, que a propósito do provérbio “muita parra e pouca uva”, esclarece significar que “pouco adianta saber tudo sobre comunicação, se nos faltarem conteúdos por comunicar”.

Vem isto a propósito das propostas, que no outono que passou, foram presentes às últimas eleições autárquicas e
cuja discussão, transbordou, e bem, sobretudo para as redes sociais e também, ainda que menos, para outros espaços de discussão pública.

Nessa altura, houve quem insistisse na ideia de que Vila Nova de Santo André reúne condições para cumprir o desígnio de se tornar um pólo de desenvolvimento e de atracção no quadro do Alentejo Litoral, em torno da ideia de que o desenvolvimento cultural constitui o seu principal factor de desenvolvimento, insistindo na proposta de
construção de um auditório, afinal prometido ceio que no já longínquo 2005, ou vincando as possibilidades de dotar a cidade de um pólo universitário a sério.

Artigo completo disponível na edição em papel de 22 de março de 2018, n.º 712

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s