Cultura

“O Poder dos Afectos, de Angola aos Açores”

Uma história ouvida atentamente durante um encontro de “retornados” inspirou Dulce Helena Diogo a escrever o seu primeiro conto, que foi publicado em livro no final do ano passado. Fala de África, de Angola, da guerra colonial e de um percurso de vida alimentado pela busca de afecto.

“O Poder dos Afectos, de Angola aos Açores” é um livro “sobre afetos”, que são, como diz a autora, o “que nos faz
caminhar na vida”.

“Este livro surgiu-me porque num almoço de retornados, onde estava imensa gente, que falava e que contava as suas
aventuras (de como vieram para Portugal, da fuga da guerra, dos sofrimentos da guerra), e há uma pessoa que diz que saiu da terra onde vivia, em Angola, onde era o seu lar para ir ao encontro do pai, caminhando 1500 quilómetros pela mata, por picadas, por rios em período de guerra”, revelou.

Artigo completo disponível na edição em papel de 22 de fevereiro de 2018, n.º 710

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s