Local

Carnaval de Sines quer combater o frio com samba alentejano

Com um apoio de 50 mil euros, o Carnaval de Sines vai sair à rua para recuperar as “raízes” desta festa que remonta a 1926 e que é construído pelas gentes da terra.

É ao ritmo do samba que os obreiros do Carnaval de Sines trabalham. A música que sai das empoeiradas colunas aquece as noites frias das últimas semanas, no recuperado espaço do atelier, numa das zonas de industria ligeira da cidade, onde dezenas de pessoas se juntam em nome da tradição carnavalesca.

Este ano, o Carnaval mudou de mãos, enfrenta uma crise financeira, mas vai sair à rua mantendo os desfiles na avenida General Humberto Delgado durante os três dias de folia. “Tivemos dois meses e meio para arrancar com o Carnaval e o primeiro mês e meio foi para recuperar todo o atelier onde não havia uma janela, canalizações e um fio elétrico. Só este mês é que estamos a construir os carros mas acho que vai estar tudo pronto a tempo para fazer brilhar a nossa avenida”, explicou Rui Encarnação, presidente da nova direção do Carnaval de Sines.

O Carnaval de Sines, sai à rua no domingo e terça-feira à tarde (15h30) e, na segunda-feira à noite (21h00).

Artigo completo disponível na edição em papel de 08 de fevereiro de 2018, n.º 709

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s