Sociedade

BE quer que Governo autorize contratação de mais profissionais de saúde

Os deputados do Bloco de Esquerda (BE) Moisés Ferreira e Sandra Cunha estão preocupados com a falta de profissionais na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), defendendo que o Governo deve autorizar a contratação de mais recursos humanos.

“O principal problema com que se depara este Hospital [do Litoral Alentejano] e a ULSLA são os recursos humanos, pois precisam de mais profissionais, precisam de cerca de 62 enfermeiros, de mais médicos de especialidade e pelo menos mais seis a sete médicos de medicina geral e familiar”, disse o deputado Moisés Ferreira, em declarações aos jornalistas, após uma reunião com a administração da ULSLA.

O deputado criticou o Governo por não “autorizar a contratação de profissionais, nem em “regime de substituição” dos profissionais em “baixa médica ou licença de parentalidade”.

“Há falta de profissionais na ULSLA, há falta de profissionais no hospital de Santiago do Cacém [HLA], é preciso que o Governo, de uma vez por todas, abra os concursos de contratação de profissionais que se especializaram há pouco tempo, alguns já com nove meses de atraso”, defendeu.

Artigo completo disponível na edição em papel de 08 de fevereiro de 2018, n.º 709

 

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s