Local

Câmara de Santiago do Cacém admite assumir projeto da ESPAM

O presidente da Câmara de Santiago do Cacém foi recebido, no passado dia 4 de janeiro, pela Secretária de Estado da Educação, Alexandra Leitão a fim de encontrar uma solução para a Escola Secundária Padre António Macedo, em Vila de Santo André.

Em cima da mesa estava uma proposta apresentada pelo Governo, no início de 2017, de assumir o projeto da obra cabendo à Câmara Municipal comparticipar com metade do valor não financiado, ou seja 7,5% do montante previsto para a intervenção.

No encontro, o presidente da Câmara de Santiago do Cacém, acompanhado pelo vereador Jaime Cáceres foi transmitir a Alexandra Leitão que rejeita essa opção.

“Fomos transmitir à secretária de Estado que não aceitamos essa proposta até porque não há projeto, sabemos apenas que há uma dotação financeira de 2,5 milhões de euros para fazer face a essa obra mas nem o Ministério, ou a Direção-Geral e a Câmara Municipal têm a noção dos custos das necessidades reais daquela escola, ou seja se a obra for superior a esse valor o valor da comparticipação começa a diminuir”, justificou Álvaro Beijinha.

Perante a recusa da autarquia, na mesma reunião foi proposto que a Câmara assuma o projeto de arquitetura e especialidade e seria dona da obra ficando livre de comparticipar com 50 por cento do valor não financiado. Uma proposta mais razoável, admite o autarca.

Artigo completo disponível na edição em papel de 25 de janeiro de 2018, n.º 708

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s