Local / Sociedade

Câmara reprova prorrogação da empreitada da Escola Básica de Ermidas-Sado

A Câmara de Santiago do Cacém reprovou, em reunião do executivo, a prorrogação do prazo para a conclusão da empreitada de ampliação e renovação da Escola Básica de Ermidas-Sado, solicitada pela CONSDEP.

O alargamento do prazo por mais 75 dias foi solicitado pela empresa CONSDEP à autarquia depois de ultrapassado o período
previsto de 150 dias para a execução da empreitada. Na reunião, o executivo aprovou a prorrogação por mais trinta dias, prazo esse que, de acordo com o presidente da Câmara de Santiago do Cacém também já terá sido ultrapassado e que obriga a autarquia a aplicar coimas por incumprimento.

“Não aprovamos a prorrogação do prazo que o empreiteiro queria, porque achamos que os 75 dias pedidos eram injustificados e aprovamos apenas 30 dias que entretanto já foram ‘comidos’, ou seja a partir de agora entra em incumprimento e, de acordo com a lei, começa a ter multas diárias”, adiantou Álvaro Beijinha.

Artigo completo disponível na edição em papel de 11 de janeiro de 2018, n.º 707

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s