Política / Sociedade

Autarcas do Litoral Alentejano querem reunir com António Costa sobre serviços de saúde

Os presidentes dos cinco municípios do Litoral Alentejano pediram uma audiência ao primeiro-ministro, António Costa a propósito do “subfinanciamento” do hospital que serve a sub-região, que dizem estar a contribuir para o “agravamento da qualidade” dos serviços de saúde prestados.

O Conselho Intermunicipal do Alentejo Litoral, constituído pelos presidentes das câmaras municipais de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém e Sines, e Odemira, enviou um comunicado ao jornal O Leme em que informou ter pedido uma reunião ao primeiro-ministro, António Costa.

“A situação de fragilidade do Hospital do Litoral Alentejano (HLA) e da Unidade Local de Saúde (ULSLA), que engloba os Centros e as Extensões de Saúde de todo o Alentejo Litoral, tem vindo a degradar-se, podendo, a curto prazo, comprometer
ainda mais a prestação dos serviços à população”, alertam no documento.

Artigo completo disponível na edição em papel de 07 de dezembro de 2017, n.º 705

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s