Opinião

Opinião: Ser feliz

Por Maria de Lourdes Silvestre,

O trabalhador deve e tem de ter mais vida para além do trabalho, familiar, social, lazer, desportiva, etc. 

No actual contexto laboral e social, em que que o trabalho como meio para a dignificação da pessoa humana passa para segundo plano e replicamos práticas laborais importadas, mercantilistas que têm como único objectivo o lucro, a todo o custo e cada vez mais e mais, desvalorizando que as organizações são constituídas por pessoas, que as fazem crescer e daí consequentemente todos obterem mais valias (accionistas, administradores e todos os colaboradores em geral) considero oportuno e pertinente a partilha de uma experiência pessoal e profissional, salvaguardando os dados das pessoas envolvidas.

Uma empresa/organização não é apenas a soma de equipamentos, tecnologias e procedimentos; um trabalhador/ colaborador, como prefiram denominar, não pode ser encarado como mais um equipamento, um robô.

Para ler o artigo completo consulte a edição em papel de 05  de outubro de 2017, n.º 701

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s