Opinião / Editorial

Editorial: Podemos ter novos países a surgir na Europa?

Por Abílio Raposo, diretor

Que leva um território a pedir a sua independência ou autodeterminação? Que levou Portugal ou qualquer outro país a pedir para ser independente de um outro grupo maior? Que levou Timor Leste a lutar anos e anos a fio para ser uma nação independente?

São sempre perguntas que teimam em ser feitas e que esperam uma resposta. Mas que se deve responder? Aqui está então o problema. Porque teima o país dominador em não permitir a separação de uma parte do seu território?

São inquietações que passam pela nossa cabeça e que não sabemos o que responder. Todos têm a sua opinião, que por vezes não corresponde à aspiração daqueles que pedem para serem um país independente.

Nestes dias temos ouvido falar muito no desejo do povo Catalão em ser independência de Espanha. Ouvimos falar do referendo que não, por razões constitucionais, poderia ser feito. Sem nós compreendermos o porquê.

Uns dizem que se a Espanha dá a independência à Catalunha, outras regiões também irão pedir a sua independência. Por vezes o passado não para de clamar. O que aconteceu no passado quer ressurgir. O passado é calado por muitos que, por razões económicas não pode aparecer. Será?

Para ler o artigo completo, consulte a edição em papel de 05  de outubro de 2017, n.º 701

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s