Autárquicas 2017 / Política

Candidatos a Cercal do Alentejo debateram regeneração urbana, turismo e emprego

Os candidatos à Assembleia de Freguesia do Cercal do Alentejo nas eleições autárquicas de 01 de outubro António Albino (CDU), Martos Maurício (PS) e Carlos Rodrigues (PSD/CDS-PP) debateram temas como a regeneração urbana, turismo e, entre outros, o emprego no encontro promovido pela Rádio Miróbriga e pelo jornal O Leme no âmbito da ‘Operação Autárquicas 2017‘.

O debate, que decorreu no Largo dos Caeiros, na vila de Cercal do Alentejo, no dia 15 de setembro, começou com a apresentação das linhas gerais dos programas eleitorais de cada candidatura.

António Albino (CDU) reconheceu  que há um conjunto de prioridades que “não se conseguiram concretizar no programa anterior e que passam para este mandato” como prioridades.

António Albino (CDU), 59 anos, encarregado operacional, militante do PCP, membro da AF do Cercal do Alentejo entre 1998 e 2000, secretário da AF entre 2000 e 2001 e presidente de 2001 a 2009, cargo que tem no atual mandato.

É o caso da “substituição dos candeeiros do Largo da Igreja”, da “construção de um passeio entre o edifício da Moagem e a Escola”, do incentivo à fixação de “empresas no parque empresarial”, da “construção de uma bancada junto ao Polidesportivo de ar livre”, assim como dos balneários de apoio. A ideia que defendeu, e que é o mote da força política que representa, é a da “continuidade” do trabalho que tem sido desenvolvido durante a gestão autárquica da CDU.

Martos Maurício (PS) defendeu como prioridade a revitalização do Largo dos Caeiros, com a criação de mais estacionamento.

Martos Maurício (PS), 38 anos, eletricista, é a primeira vez que concorre à AF de Cercal do Alentejo

“Queremos passar os autocarros para outro local, criando uma praça de táxis em condições e um lugar de estacionamento para a farmácia e alterar a estética da rotunda principal, que pode ser embelezada”, prometeu o candidato socialista. A Zona Industrial Ligeira (ZIL) de Cercal do Alentejo também está na mira do candidato do PS, que quer atraír as empresas sedeadas no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e da Costa Vicentina, em Odemira, que diz terem limitações por estarem numa zona protegida. “Esta ZIL está bem localizada e pode receber essas empresas que podem escoar os seus produtos e matérias”, contrariando a tendência de “estagnação” a que “a economia do Cercal foi votada”, acrescentou.

O candidato da coligação PSD/CDS-PP, Carlos Rodrigues, optou por destacar do seu programa eleitoral a descentralização das competências para a Junta de Freguesia e a criação de uma plataforma online para transmitir as Assembleias de Freguesia e a eliminação de barreiras físicas e arquitetónicas nos espaços públicos.

Carlos Rodrigues (PSD/CDS-PP), 34 anos, engenheiro eletrotécnico, concorre como independente, é deputado na AF de CErcal do Alentejo, eleito pelo PS

O candidato propõe-se promover cursos de apoio materno-infantil para jovens casais da freguesia, apoiar na criação de um infantário e creche e reestruturar o parque infantil do Largo dos Caeiros. A criação de uma Bolsa de Emprego, melhorar os acessos à rede pública de abastecimento de água e a limpeza urbana, são outras prioridades do candidato, que quer também revitalizar o Parque Empresarial de Cercal do Alentejo.

Desenvolvimento económico

A freguesia de Cercal do Alentejo tem uma população de mais de 3300 habitantes, é a terceira freguesia do município em peso populacional. É uma freguesia que está a envelhecer, como outras do interior, mas que tem alguma dinâmica.

Para Martos Maurício (PS), o turismo é um dos setores com maior potencial na freguesia e para o seu desenvolvimento, defende que a Junta de Freguesia pode por exemplo tomar ações como a de criar mais estacionamento. “As pessoas vêm de fora, deixam dinheiro. Se não houver estacionamento, as pessoas não páram, não deixam dinheiro”, defendeu. O aproveitamento da Barragem de Campilhas, com eventos e provas náuticas para atraír turistas, é outro exemplo das propostas do candidato. Além disso Martos Maurício defendeu a necessidade de “dinamização da ZIL”, bem como a “construção de um lar”, que considera ser também importante para criar emprego.

Carlos Rodrigues (PSD/CDS-PP) considera que “tem que haver uma relação de parceria com a Câmara Municipal de Santiago do Cacém” (CMSC) e também “descentralização de competências”. O candidato propõe fazer “publicidade” do parque industrial. “Não existe publicidade no website da CMSC, nada apelativo para o nosso parque”, disse. O turismo também é um setor em que acredita ser possível crescer, aproveitando o “meio rural bastante rico” e a Barragem de Campilhas, com, por exemplo, promoção de desporto e de provas de BTT. Outras propostas do candidato passam pelo reforço da iluminação da vila, durante a noite, bem como a criação de uma “imagem de marca”, que pode ser uma “marca gastronómica” ou “um símbolo associado às minas”. Para ajudar na empregabilidade, Carlos Rodrigues propõe ainda criar uma Bolsa de Emprego, em parceria com o Gabinete de Apoio ao Empresário e o Instituto do Emprego e da Formação Profissional (IEFP) para facilitar o contacto entre empresas e potenciais colaboradores.

António Albino (CDU) lembrou que o turismo rural e o parque de empresas são os locais que mais empregam pessoas na freguesia. O candidato, que é também o atual presidente da Junta de Freguesia do Cercal, assegurou que a CMSC “continua a facilitar” condições para a instalação de novas empresas na ZIL, mantendo inalterado o preço dos lotes “desde 2008”, ano em que foi inaugurada a infraestrutura. No setor do turismo, o candidato lembrou que a Junta de Freguesia do Cercal é parceira da Rota Vicentina desde a sua constituição, tendo construído uma ponte em madeira e colaborando na manutenção.

Requalificação Urbana

O jornal O Leme e a Rádio Miróbriga estiveram no Cercal do Alentejo nos dias que antecederam o debate para recolher depoimentos de residentes na freguesia acerca das necessidades que sentem. A melhoria da conservação de ruas e dos passeios, a limpeza dos jardins e a melhoria das redes de água e de esgotos foram algumas das medidas referidas.

Carlos Rodrigues (PSD/CDS) concordou com os testemunhos anónimos dos entrevistados, comprometendo-se com “coisas básicas” que considera essenciais concretizar. “Nós precisamos de coisas básicas, grande parte do que nós nos propormos passa realmente pelas obras a nível da pavimentação, de passeios, acesso a redes de água”, disse o candidato. “Há muitas ruturas de água aqui no Cercal”, lamentou.

António Albino (CDU) reconheceu que “há um trabalho de fundo que tem que ser feito nesta vila”. O candidato lembrou que “a rede de água foi feita em 72-73 e, excepto algumas ruas que já foram remodeladas, [a requalificação] é um grande investimento”, disse, assegurando que, embora seja “um investimento que às vezes não se vê”, “tem-se ido fazendo faseadamente”. “Tem que ser umttrabalho programado, tem que ser com a Câmara, tem que se fazer primeiro as condutas de água e depois os passeios”, acrescentou, para justificar o motivo pelo qual ainda não está concluída essa intervenção.

Já Martos Mauricio (PS) defendeu a “manutenção corrente aos passeios”, ou seja, “todos os dias, como se faz aos lixos e à relva”. “Se não for feita, aparecem as avarias fortuitas”, disse. “Se houver uma pedra da calçada a levantar, temos que ir logo lá, para o resto à volta não levantar”, exemplificou.

Todos os debates foram transmitidos em direto pela Rádio Miróbriga, com posterior publicação escrita do resumo do encontro na edição online do jornal O Leme. O calendário de debates pode ser consultado aqui.

O debate pode também ser ouvido na íntegra aqui.

Outros debates:

» Entrevista ao único candidato à AF Abela » Ler ou Ouvir

» Debate com candidatos à AF Alvalade » Ler ou Ouvir

» Debate com candidatos à AF Cercal do Alentejo » Ler ou Ouvir

» Debate com candidatos à AF Ermidas-Sado » Ler ou Ouvir

» Debate com candidatos à AF Santo André » Ler ou Ouvir

» Debate com candidatos à AF São Domingos e Vale de Água » Ler ou Ouvir

» Debate com candidatos à AF São Francisco da Serra » Ler ou Ouvir

» Debate com candidatos à AF Santiago do Cacém, São Bartolomeu da Serra e Santa Cruz » Ler ou Ouvir

» Debate com candidatos à CM Santiago do Cacém » Ler ou Ouvir

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s