Sociedade

Escolas preparam regresso às aulas com falta de auxiliares

O novo ano letivo está prestes a começar a partir da próxima semana mas, por colocar estão ainda vários professores de diversas áreas, situação que as direções dos agrupamentos contam ver resolvida até ao dia do início das aulas. A falta de auxiliares de educação nas escolas rurais de Santiago do Cacém é a situação mais preocupante, que pode por em causa o início das aulas na data prevista nesses estabelecimentos de ensino.

As escolas rurais do Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém não têm ainda auxiliares de educação, segundo indicou ao jornal O Leme a direção do agrupamento, que afirmou haver “falta de assistentes operacionais”, como são também designados os profissionais em causa.

“Para estes estabelecimentos de ensino não temos qualquer funcionário”, confirmou a direção do agrupamento, referindo-se às “escolas rurais”. A situação já havia sido denunciada pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém, que solicitou à secretária de Estado da Educação, Alexandra Leitão, uma “reunião com carácter de urgência” para encontrar uma solução.

O artigo completo pode ser lido na edição em papel de 07 de setembro de 2017, n.º 699

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s