Política / Autárquicas 2017

Bloco de Esquerda quer ser “alternativa” em Santiago do Cacém

Com a presença dos candidatos à Assembleia e Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Rui Beles Vieira e Bruno Candeias, respetivamente, e de Carmen Figueira, número três na lista à Assembleia Municipal, o Bloco de Esquerda definiu os eixos estratégicos da sua candidatura.

Democracia e Participação; Coesão Social; Desenvolvimento Sustentável e Ambiente, fazem parte das prioridades do BE que quer apostar no desenvolvimento de políticas de apoio aos mais frágeis.

“Queremos apostar no desenvolvimento de políticas de apoio aos mais frágeis, aos vulneráveis da sociedade, precários, desempregados, vitimas de violência doméstica, imigrantes, desalojados, idosos isolados e pessoas com necessidades especiais”, adiantou o candidato à Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Bruno Candeias, em conferência de imprensa.

Sendo a coesão social a base e a matriz de uma política de esquerda, o cabeça de lista defende o direito à habitação. “As políticas de habitação devem ser direcionadas para a regeneração urbana e habitação a custos controlados não especulativa e que acabe com os prédios devolutos”.

O artigo completo pode ser lido na edição em papel de 07 de setembro de 2017, n.º 699

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s