Sociedade

Mãe Sol, uma casa para mães adolescentes

Ser menina, mulher e mãe em simultâneo são 3 pressupostos que não se deveriam conjugar, no entanto, quando assim acontece e não existe apoio para tal situação, o Estado e as IPSS têm obrigação de intervir.

Inaugurado em 2001 com o objectivo de acolher e acompanhar jovens mães solteiras e grávidas com filhos menores, em situação de risco, este Centro de Apoio à Vida “Mãe Sol”, da Santa Casa da Misericórdia de Sines, dispõe de vaga para 7 mães e 7 bebés.

No início funcionou num apartamento em Vila Nova de Santo André, mas a falta de espaço e a degradação das instalações levaram a que o Provedor, Luís Venturinha, aproveitasse o financiamento de algumas entidades para remodelação de um edifício desactivado em Sines.

Assim foi possível criar um espaço mais amplo, com sala de refeições, sala de estar, pátio exterior, 7 quartos, 3 casas de banho, 1 gabinete técnico e 1 espaço de apoio para as auxiliares, inaugurado no passado mês de fevereiro.

O artigo completo pode ser lido na edição em papel de 20 de julho de 2017, n.º 697

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s