Sociedade

Criança desaparecida no mar de São Torpes

Manuel Carvalho, o menino que desapareceu no último domingo, 21 de maio, na praia de São Torpes, em Sines, vivia há dois meses com o pai, Vítor Carvalho, em Vila Nova de Santo André.

O menor, que residia em Angola com a progenitora, terá regressado a Portugal pouco tempo depois de o pai ter obtido a
guarda parental. “O pai não via o menino há seis anos, desde que deixou o trabalho em Angola, e, há pouco tempo decidiu que
queria trazer o menino para junto dele”, explicou ao jornal O Leme o presidente do clube Estrela de Santo André, onde Vítor é
motorista há cerca de um ano.

A criança, conhecida pelo seu temperamento “doce e simples”, terá inclusive integrado um dos escalões de futebol do clube onde treinava e participava em jogos amigáveis. “Em pouco tempo integrou-se muito bem na escola e no clube onde fez muitos amigos e recentemente disse ao pai que queria jogar basquetebol”, adiantou José Rosado que tem passado os últimos dias na praia de São Torpes a ajudar nas buscas. “O Vítor é uma pessoa muito reservada e só quer que o mar devolva o filho”, acrescentou o dirigente.

O artigo completo pode ser lido na edição em papel de 25 de maio de 2017, n.º 693

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s