Local / Sociedade

“Aprendi a escrever o meu nome pela Bíblia”

Há quase dois meses, 17 caboverdianos a viver em Sines há décadas começaram a escrever um novo capítulo nas suas vidas, graças à ação de alfabetização da Associação Caboverdiana de Sines e Santiago do Cacém (ACSSC).

A primeira ação de alfabetização arrancou a 27 de fevereiro na Associação Caboverdiana em Sines |Foto: Helga Nobre|

“Estou a lidar com pessoas que não tiveram oportunidade de fazer as aprendizagens mais básicas na idade própria”, explica Ana Sobral, professora de línguas há 32 anos. Foi desafiada a participar neste projeto e, desde a primeira hora, não se arrepende. “Estão a aprender comigo mas eu estou a aprender muito com eles”.

Na sala de aula, sentados nas carteiras, estão alunos diferentes da maioria. Concentrados nos cadernos, desenham com afinco as letras e têm um desejo enorme de aprender. “Estão aqui pessoas com níveis diferentes, quase todos já sabem escrever o nome, apenas uma formanda não sabia mas nas poucas aulas já aprendeu. Os outros já leem e já escrevem qualquer coisa mas a maioria muito pouco”, conta.

O artigo completo pode ser lido na edição em papel de 20 de Abril de 2017, n.º 691

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s