Economia

Gestão de 2016 com “excelente equilíbrio” e cerca de 90% de “execução orçamental”

O Relatório de Gestão e a Conta de Gerência de 2016 da Junta de Freguesia de Santo André foram aprovados por unanimidade na Assembleia de Freguesia reunida a 10 de abril, com os votos a favor dos eleitos da CDU e do PS, numa sessão em que estiveram ausentes os eleitos do PSD e do Bloco de Esquerda. O presidente da autarquia, Jaime Cáceres, considera que os documentos refletem o “excelente equilíbrio orçamental” com que é gerida a Junta de Freguesia, destacando a “execução orçamental”, acima dos “90%”.

Relatório de Gestão e Conta de Gerência de 2016 da Junta de Freguesia de Santo André aprovados por unanimidade, com ausência de eleitos do PSD e BE |Foto: Ângela Nobre|

A gerência da Junta de Freguesia de Santo André no ano passado contou com 422.360,48 euros, transitando para o ano de 2017 um saldo de 635,11 euros. De referir, à semelhança dos anos anteriores, os elevados graus de execução orçamental,
que foram de 90,77 % na receita e de 90,62 % na despesa.

“Nestes 12 anos desde que eu cá estou [a autarquia] sempre esteve com as contas equilibradas, com graus de execução
orçamental elevados, acima dos 90%, e o ano de 2016 não fugiu à regra, com muita dificuldade”, disse Jaime Cáceres.

O autarca defende que não se deve “dar um passo maior que a perna” e é isso que tem procurado fazer enquanto presidente da Junta de Freguesia de Santo André.

O artigo completo pode ser lido na edição em papel de 20 de Abril de 2017, n.º 691

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s