Editorial / Opinião

Editorial: Portugal nas “bocas” do mundo

Abílio Raposo

Diretor

Por Abílio Raposo,

Nestes últimos dias Portugal tem andado nas “bocas” do mundo. Somos um povo que sempre se deu a conhecer pelas boas e humildes razões.

Muitas vezes ouvi, a partir do estrangeiro, dizer que os portugueses são um povo trabalhador e que qualquer entidade patronal quer homens e mulheres portugueses para trabalhar nas suas empresas. Sempre foi bom ouvir estes pareceres sobre o nosso povo. Ouvir dizer bem sobre a nossa gente. Quando trabalhamos e somos honestos conseguimos levar os outros a sentir empatia por nós e somos sempre bem-vindos.

Mas como os nossos antepassados construíram uma imagem séria e respeitadora, porque assim o eram, levavam para o estrangeiro aquilo que sentiam e o que eram. Não faziam diferente nas outras terras, nos outros países.

Nestes últimos dias temos sido falados pela comunicação social estrangeira e nacional, por motivos menos agradáveis e menos bons.

O artigo completo pode ser lido na edição em papel de 20 de Abril de 2017, n.º 691

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s