Sociedade

Com saúde: Massas Alimentícias

Por Vanessa Flor da Rosa, Nutricionista

Se alguém perguntar quem inventou a massa, provavelmente vai responder quase de imediato que foram os italianos, mas não é bem assim.

A primeira mistura de farinha de trigo moída com água terá acontecido cerca de cinco mil anos a.C. Posteriormente, os chineses e os árabes passaram a espalmar, cortar e cozinhar a massa obtida a partir dos cereais e só mais tarde é que Marco Pólo a introduziu na Europa após as suas viagens pela Ásia.

Podem não ter sido os italianos a inventar este alimento que agrada a todos, mas foram eles quem mais contribuiu para o desenvolvimento das massas e para as suas diversas formas de consumo.

Actualmente, temos à nossa disposição uma grande variedade de formatos de massas alimentícias, permitindo-nos escolher a que melhor se adapta aos nossos gostos, ao tipo de confecção culinária e ao momento de consumo, desde pevide, estrelas, cotovelos, esparguete, macarrão, placas de lasanha, conchas, espirais, lírios, margaridas e outras tantas…

Vale a pena ler o artigo completo na edição em papel de 01 de dezembro de 2016, n.º 682

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s