Sociedade

Plano permite rastrear utentes das urgências

Os utentes que forem com frequência atendidos no serviço de urgência do Hospital do Litoral Alentejano (HLA), em Santiago do Cacém, vão integrar um “plano de cuidados” elaborado por uma equipa constituída por médicos, enfermeiros, psicólogo e assistente social.

|Foto: Helga Nobre|

|Foto: Helga Nobre|

O projeto de integração de cuidados clínicos da ULSLA, pretende ser uma ferramenta de estudo e baseia-se no grande número de pessoas que recorrem aos serviços de urgência no nosso país. “É um problema e por isso vamos tentar estudar a razão e arranjar uma solução para este fenómeno”, esclareceu Adelaide Belo.

A equipa propõe implementar a identificação automática destes doentes a partir do quarto episódio de urgência. “Essa sinalização vai dar origem a um plano de ação entre médicos dos cuidados de saúde primários e hospitalares”, acrescentou a responsável.

Vale a pena ler o artigo completo na edição em papel de 17 de novembro de 2016, n.º 681

Advertisements

Discussão

Ainda sem comentários.

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Artigos mais antigos

Para receber notificações por e-mail sempre que é publicado um novo artigo, deixe aqui o seu e-mail.

Junte-se a 3.091 outros seguidores

Arquivo online

Estatísticas do site

  • 128,379 visualizações
%d bloggers like this: