Sociedade

Orçamento participativo envolve profissionais

A ULSLA vai contar com a participação de todos os seus profissionais num orçamento participativo que procura incentivar à apresentação e votação de propostas pelos funcionários para “projetos de desenvolvimento profissional” e para a “melhoria de prestação de cuidados” aos utentes.

A iniciativa “Tome a Palavra”, explicou Paulo Espiga, é um processo a que a administração da ULSLA vai atribuir no total 7500 euros para concretizar os projetos mais votados pelos funcionários.

“Os profissionais da casa podem apresentar projetos de desenvolvimento profissional e o mais votado terá um apoio de 2500 euros [para ser concretizado] e podem apresentar também projetos para a melhoria de prestação de cuidados, em que o mais votado terá um apoio de 5 mil euros”, especificou.

Vale a pena ler o artigo completo na edição em papel de 17 de novembro de 2016, n.º 681

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s