Coisas de Emigrante / Sociedade

Coisas de Emigrante: Chiloé, terra de mitos e de lendas

Claudia Carracha - Coisas de EmigrantePor Cláudia Carracha, no Chile

Hoje escrevo sobre a região chilena pela qual me apaixonei à primeira vista. Chama-se a grande ilha de Chiloé (que se complementa por um conjunto de ilhas e ilhotas a sua volta) situando-se na região dos Lagos (centro-sul do Chile a 1100 quilómetros da capital).

Com cerca de 200.000 habitantes, constitui uma terra de mitos e de lendas que se podem identificar e explorar à medida que se conhece cada paisagem, habitante ou monumento. Chiloé significa “Lugar de Gaviotas” (forma original e Chilhue), tendo uma riqueza histórico-cultural bastante apreciável através da herança dos seus povos originários como os “chonos”, “cuncos” ou “huilliches” que povoaram a ilha antes da chegada dos espanhois.

No museu regional de Castro podem-se observar muitas destas vivências, bem como instrumentos musicais, modelos de barco de madeira chilotes, utensílios agrícolas e até a evolução das vilas ao longo do tempo.

Artigo completo na edição em papel de 22 de setembro de 2016, n.º 677

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s