Sociedade

Odemira tem “acessibilidades da época medieval”

O presidente da Câmara de Odemira, José Alberto Guerreiro voltou a alertar para o estado de degradação da rede viária do maior concelho do País comparando as estradas do município “à época medieval”.

Acessibilidades, saúde e justiça foram alguns dos temas discutidos na reunião com o ministro-adjunto, Eduardo Cabrita |Foto: Helga Nobre|

Acessibilidades, saúde e justiça foram alguns dos temas discutidos na reunião com o ministro-adjunto, Eduardo Cabrita |Foto: Helga Nobre|

Entre as vias mais problemáticas estão as estradas nacionais 266, que liga Luzianes Gare ao interior sul de Odemira, a 120, que
liga Odemira a São Luís, e, a EN389, que faz a ligação entre Sines e o Algarve. O autarca diz que é urgente “um plano para a
melhoria e renovação da rede rodoviária”.

O presidente da Câmara de Odemira, que esteve recentemente reunido com o Ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, já fez saber que propôs ao Governo um programa de partilha de recursos para solucionar este problema.

Artigo completo na edição em papel de 04 de agosto de 2016, n.º 675

Advertisements

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s