Economia

Sondagem de pesquisa de petróleo adiada por mais trinta dias

A Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos prorrogou o prazo de consulta pública para a realização das sondagens de pesquisa no deep offshore da Bacia do Alentejo, por mais trinta dias.

As operações, a cargo do consórcio Eni/Galp, previstas para o início de julho, foram agora adiadas para depois da consulta pública, que vai decorrer até 3 de agosto, confirmou o presidente da Câmara Municipal de Sines.

“Numa fase inicial previa-se o mês de julho para o arranque da prospeção para perceber se nesta região há riqueza que possa valorizar e ser importante para o desenvolvimento do país, mas o prazo foi prorrogado até início de agosto e, só a partir dessa altura, se poderá fazer uma previsão sobre o início dos trabalhos”, adiantou Nuno Mascarenhas.

Artigo completo na edição em papel de 07 de julho de 2016, n.º 673

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s