Cultura, Economia

Vestígios romanos junto ao Castelo de Sines vão ser recuperados

O projeto de recuperação e musealização dos vestígios de fábricas romanas junto ao Castelo de Sines, orçado em 170 mil euros, foi aprovado no âmbito de uma candidatura a fundos comunitários pelo programa operacional Alentejo 2020.

A Câmara de Sines vai recuperar e musealizar as fábricas romanas atualmente enterradas com o apoio de fundos comunitários |Foto: CMS|

A Câmara de Sines vai recuperar e musealizar as fábricas romanas atualmente enterradas com o apoio de fundos comunitários |Foto: CMS|

Além da salvaguarda do interesse histórico e cultural destas fábricas de preparados piscícolas da Época Romana (século I), cuja estrutura vai ser recuperada, a autarquia pretende com este projeto atingir objetivos mais latos, mediante a sua musealização, de forma a atrair um público mais vasto para a visita ao património local.

A localização das “salgadeiras” numa área aberta, junto de um dos mais importantes acessos à praia, irá chamar a atenção de públicos que de outra forma não entrariam num museu convencional, acredita a autarquia.

Artigo completo na edição em papel de 23 de junho de 2016, n.º 672

Advertisements

Discussão

Ainda sem comentários.

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Artigos mais antigos

Para receber notificações por e-mail sempre que é publicado um novo artigo, deixe aqui o seu e-mail.

Junte-se a 3.091 outros seguidores

Arquivo online

Estatísticas do site

  • 128,379 visualizações
%d bloggers like this: