Sociedade

Autarquias querem soluções imediatas para estrada entre Sines e Santo André

O presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, e o presidente da Junta de Freguesia de Santo André, Jaime Cáceres, reuniram, a 9 de junho, com o secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d’Oliveira Martins, para debater a não conclusão das obras no troço da ER261-5, entre Vila Nova de Santo André e Sines.

Protesto A26 / ER261-5

| Foto: Mário Afonso/Arquivo |

“Viemos manifestar o nosso descontentamento e o da população, que é por demais conhecido, com uma situação que já se arrasta há seis anos. Foram realizadas várias reuniões – com o governo anterior, com a Estradas de Portugal, a Estradas da Planície – e, durante estes anos todos, foi-nos sempre dito que o problema ia ser resolvido. O que é certo é que ele persiste”, lamentou Álvaro Beijinha.

O Estado Português – através da Infraestruturas de Portugal – já terá um acordo com o consórcio das empresas privadas que deveria ter executado a obra, segundo explica o município numa nota enviada à imprensa após o encontro.

“Agora está dependente do visto do Tribunal de Contas, o que já nos tinha sido dito também pelo presidente da Infraestruturas de Portugal”, acrescentou o autarca.

Artigo completo na edição em papel de 23 de junho de 2016, n.º 672

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s