Opinião / Sociedade

Opinião: Arrumar as crianças na escola

Opinião - Paula CanhaPor Paula Canha,

Foram divulgados recentemente os resultados de um estudo internacional sobre a adolescência, da Organização Mundial de Saúde (OMS), coordenado em Portugal pela Prof. Margarida Gaspar de Matos. Nesse estudo, Portugal está no grupo dos países nos quais os adolescentes menos gostam da escola. Apenas 11% dos rapazes e 14% das raparigas de 15 anos dizem que gostam muito da escola.

O problema são as aulas, consideradas aborrecidas, e “a matéria”, que é descrita como excessiva; dos intervalos e dos colegas os nossos estudantes não se queixam.

Acho que este é mais um bom pretexto para refletirmos sobre o papel que a escola está a ter na geração que vai governar este
país muito em breve.

As crianças passam cada vez mais tempo na escola. Têm um horário de trabalho semelhante ao de um adulto. Trazem trabalhos de casa, para o pouco tempo que teriam para conviver com a família. Pergunto-me: isto será justo e sensato?

A internet, os telemóveis e a tecnologia em geral deveriam estar a facilitar a nossa vida… contudo, nunca tivemos tanta falta de tempo como agora.

Artigo completo na edição em papel de 07 de abril de 2016, n.º 667

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s