Opinião / Política / Sociedade

Opinião: O Dia da Mulher – a celebração , a realidade e perspetivas de futuro – Uma saudação e um afeto

Manuel Coelho

Médico e ex-autarca, em Sines

Por Manuel Coelho,

Questão primordial – A mulher é um elemento decisivo da fonte de vida humana. É no seu ventre que se forma e estrutura todo o ser humano e o ato de todos os nascimentos.

Foi, durante milénios, causa de sofrimento e risco de morte para muitos milhões de mulheres. Só por isso merece o nosso louvor e admiração. Foi (e é) ela que alimenta todos os seres humanos nos primeiros tempos de vida. É ela o elemento decisivo de todos os novos seres humanos – nesta infinita cadeia do fluir do tempo – na transmissão de afetos, formação e segurança de todo o novo ser humano.

Mas, apesar disto, a mulher (as mulheres) foram sempre os seres humanos mais sacrificados, mais subjugados e explorados; mais discriminados nos direitos mais elementares; na sociedade, no trabalho, na justiça.

No longo caminho trilhado pela humanidade há um (lento) processo de emancipação e libertação da mulher – através da luta de trabalhadores e trabalhadoras nos campos; nas fábricas, nos sindicatos e organismos políticos – que foram determinantes para a dignificação das mulheres e do seu papel na sociedade, na política, no mundo do trabalho e na
cidadania.

Artigo completo na edição em papel de 03 de março de 2016 n.º 665

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s