Local / Sociedade

Incêndio faz cinco desalojados em Sines

Não ganharam para o susto as cinco pessoas, três adultos e duas crianças de 15 e 8 anos, que ficaram sem tecto depois de um incêndio, que deflagrou cerca das 2h10 da madrugada, do passado dia 23 de fevereiro, ter destruído a habitação onde residiam há cerca de 4 anos, na rua Pedro Alvares Cabral, em Sines.

Fogo teve início num curto-circuito na arrecadação e propagou a toda a habitação |Foto: Helga Nobre|

Fogo teve início num curto-circuito na arrecadação e propagou a toda a habitação |Foto: Helga Nobre|

“Despertei com uns barulhos na arrecadação e quando me aproximei percebi que se tratava de um incêndio e já não consegui fazer nada”, contou ao jornal O Leme Paulo Bernardo.

O incêndio teve início num curto-circuito numa arca frigorífica e depressa propagou pelas restantes divisões da habitação.

No meio da confusão, o morador só teve tempo de socorrer os filhos que dormiam numa divisão contígua à arrecadação.

“A minha preocupação foi tirar os meus filhos dos quartos, as garrafas de gás e acionar os meios”, adiantou a vitima que lamentou a demora na resposta dos bombeiros.

“Liguei para o 112 duas vezes até que me atenderam e disseram para ligar para o 117 e assim fiz mas os bombeiros só aqui chegaram meia hora depois, já o incêndio estava incontrolável”, adiantou o morador que perdeu grande parte dos seus bens no incêndio.

Artigo completo na edição em papel de 03 de março de 2016 n.º 665

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s