Coisas de Emigrante

Coisas de Emigrante: Andar à pinguim

160218_JoaoPessoaPor João Pessoa, na Noruega

Cheguei à Noruega a meio da primavera. Usava roupas de inverno portuguesas e passava imenso frio. À minha volta os noruegueses vestiam-se com roupas leves como se fosse… Primavera. Parecia que tinha o meu termóstato avariado.

E quando chegou o meu primeiro inverno… Bem. Dá para imaginar. Dizem eles que não existe mau tempo, apenas más roupas, mas a verdade é que na Noruega faz um frio que não lembra ao diabo. Com o tempo aprendemos a viver com isso e melhoramos as nossas escolhas de indumentária, mas não deixa de ser muito frio.

Outro dito Norueguês que me tentaram vender é que não se sente grande diferença entre os -1°C e -10°C. Não é verdade. -10°C é muito mais frio que -1°C. E com -20°C sente-se a cara a queimar. É um mau país para se ser fumador…

O brinde/fava que vem com tanto frio é haver neve e gelo. Brincar com os miúdos na neve ou descer aos trambolhões uma montanha com uns skis nos pés é bem porreiro, mas passar uma hora a escavar o carro antes de ir para o trabalho já não é
assim tão fixe.

Artigo completo na edição em papel de 18 de fevereiro de 2016 n.º 664

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s