Editorial / Opinião

Editorial: A Europa das conveniências

Abílio Raposo

Diretor

Por Abílio Raposo,

Estamos num tempo difícil em que todos colocamos muitas perguntas sobre o que estamos a viver na nossa Europa, principalmente a nova situação de refugiados na nossa terra. Sim, que vamos fazer? Vamos recebê-los de braços abertos. Diria que sim, claro… com certeza… Mas será que ao recebê-los teremos que abdicar do nosso sistema de liberdade e deste modo de vida que estamos habituados?

Claro que não. Aqui é que está a grande novidade. E é aqui que os nossos governantes devem insistir. Construímos uma Europa livre e aberta a todos. Mas os que aqui chegam deve respeitar este princípio de liberdade. Aqui todos temos os mesmos direitos e deveres. Devemos respeitar os outros e as suas manifestações políticas e religiosas.

De certa forma é o que não está a acontecer. O maior escândalo aconteceu agora na Itália. Foi tapada uma escultura semi-nua para não ofender o Presidente do Irão. O que não sucederia se lá tivesse ido o Papa. Onde está a igualdade e os direitos? Mas no entanto o Presidente esteve a visitar o Papa Francisco e não foi necessário tapar imagens ou desmarcar refeições por causa do vinho.

Artigo completo na edição em papel de 04 de fevereiro de 2016 n.º 663

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s