Cultura / Local / Prata da Casa

Prata da Casa: Paula Bravo: a arte como forma de vida

Há trinta anos dedicada à arte e tudo começou com o fascínio pelas cores e pela luz quando ainda era criança. Para assinalar este percurso estará patente no Museu Municipal em Santiago do Cacém a exposição 30 Anos na mão de Deus… 30 anos de carreira. Inaugurada a 13 de Fevereiro, pelas 15h, podendo ser vista até 2 de Abril.

Paula Bravo |Foto: Gisela Benjamim|

Paula Bravo |Foto: Gisela Benjamim|

Paula Bravo lembra-se bem da primeira vez que pintou um quadro para uma exposição. “Tinha 11 anos, vivia em Moçambique, e um amigo do meu pai que era enfermeiro na Cruz do Oriente, lançou-me o desafio de participar num concurso que ia decorrer na FACIM. Acabei por ganhar com uma pintura de um Pôr-do-sol. Mas tive um desgosto tão grande porque o prémio foi 20 litros de tinta branca. Fartei-me de chorar, porque eu pensava que ia receber uma boneca. As pessoas até brincavam, viravam-se para o meu pai e diziam: – Então Bravo agora tens tinta para pintar toda a Cruz do Oriente.”

Apesar do prémio não ser o que esperava a experiência despertou-lhe o interesse. A paixão ficou refreada quando entrou para um colégio com regras rígidas, e “apesar de querer aprender e criar tal não era possível.” Acabou por tirar o curso de mecanografia e nunca teve a oportunidade de ter aulas de pintura.

Artigo completo na edição em papel de 21 de janeiro de 2016 n.º 662

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s