Sociedade

Estivadores atentos à precariedade no Terminal de Contentores

A precariedade laboral no Terminal de Contentores, concessionado à PSA Sines, foi denunciada na sessão de abertura da Conferência Internacional ‘O Mundo do Trabalho Portuário’ que se realizou no auditório do Centro de Artes de Sines, no passado dia 14 de janeiro.

Sindicato dos Estivadores quer reforçar a sua presença no Terminal XXI

Sindicato dos Estivadores quer reforçar a sua presença no Terminal XXI

Na sessão de abertura, o Sindicato dos Estivadores do Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal (SETC) lembrou que a competitividade do porto de Sines não se pode fazer às custas da precariedade laboral.

“Em 2007, a PSA Sines criou a Laborsines, uma empresa com trabalhadores precários e a custos reduzidos, com um salário de 519 euros/mês que trabalham pela empresa por sms”, denunciou Filipe Gonçalves, do SETC/Sines.

Artigo completo na edição em papel de 21 de janeiro de 2016 n.º 662

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s