Sociedade

Trabalhadores da Petrogal em greve até março

Os trabalhadores da refinaria de Sines da Petrogal estão em greve. A paralisação visa contestar a perda de direitos e a defesa da contratação coletiva.

Além da greve, os trabalhadores deslocaram-se a Lisboa este mês para protestar

Além da greve, os trabalhadores deslocaram-se a Lisboa este mês para protestar

A greve que arrancou no início de janeiro e vai prolongar-se por um período de três meses, em períodos adaptados à realidade
de cada refinaria, tem atingido os 70 por cento de adesão em vários setores da fábrica, de acordo com números avançados pelos sindicatos.

“Os trabalhadores contestam a perda de direitos e defendem a manutenção do acordo de empresa”, explicou o porta-voz da Fiequimetal, Helder Guerreiro que, no segundo dia de paralisação, a 8 de janeiro, prometeu que a luta iria endurecer.

Artigo completo na edição em papel de 21 de janeiro de 2016 n.º 662

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s