Sociedade

Câmaras apostam nos fundos comunitários para realizar investimentos

As Câmaras de Sines, Grândola e Odemira já aprovaram um total de 77 milhões de euros nos respetivos orçamentos para o próximo ano. O município de Odemira aprovou o valor mais elevado e Sines mantém o montante de 2015.

A Câmara de Sines voltou a aprovar as (GOP’s) Grandes Opções do Plano 2016-19 e o Orçamento para 2016 num montante de 27,8 milhões de euros, com os votos a favor do PS e contra do SIM e da CDU. Pelo segundo ano consecutivo, o município aprova um montante idêntico depois de ter sofrido uma redução de 38,5% (17,4 milhões de euros) em relação a 2013.

A consolidação das contas do município e o arranque de projetos cofinanciados pelo Quadro Comunitário Portugal 2020 (QCP2020), são considerados os “pontos-chave” dos documentos discutidos e aprovados em Assembleia Municipal, no passado dia 20 de novembro, com os votos favoráveis do PS e contra do SIM, CDU e PSD.

De acordo com o presidente da Câmara, Nuno Mascarenhas, “as obras no espaço público e de proximidade continuam a ser a principal prioridade do executivo e contam no seu planeamento com os contributos de dois documentos estratégicos atualmente em elaboração: o Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Sines e a Carta de Qualificação do Espaço Público e Imagem da Cidade”.

Artigo completo na edição em papel de 17 de dezembro de 2015, n.º 660

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s