Política / Sociedade

Congresso em Grândola para debater regionalização

O movimento AMAlentejo anunciou a organização de um congresso, em abril do próximo ano, em Troia, concelho de Grândola, para voltar a “colocar na agenda” o tema da regionalização.

Conferência de Imprensa da AMAlentejo realizou-se em Grândola |Foto: Helga Nobre|

Conferência de Imprensa da AMAlentejo realizou-se em Grândola |Foto: Helga Nobre|

O congresso foi apresentado, no passado dia 20 de novembro, durante uma conferência de imprensa, em Grândola, que juntou elementos da comissão promotora do movimento, que pretende reunir todas as forças vivas de norte a sul do país na defesa da regionalização.

“Quando, entre autarcas, se discute esta matéria da regionalização, o sentimento que recolhemos é a necessidade de se
avançar com a regionalização porque faz falta outro nível do poder local. Há empresas, entidades e instituições que pedem ajuda aos autarcas para chegarem à administração central e resolver assuntos”, referiu Vítor Proença, presidente da Câmara de Alcácer do Sal e da CIMAL – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral.

Artigo completo na edição em papel de 03 de dezembro de 2015, n.º 659

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s